quinta-feira, 7 de junho de 2007

INFORMANTE DA POLÍCIA E NÃO DE NOTÍCIAS

O G8 não tem nenhum comprometimento com as soluções dos atuais problemas da humanidade, especialmente a pobreza e o meio ambiente em tempos de aquecimento global. Os oito países mais ricos do mundo sempre se reúnem para fazerem uma análise de conjuntura dos fatos atuais e dos problemas vividos pela humanidade para darem a esses problemas alguma solução baseada na visão de mundo neoliberal e elitista que visa manter a hegemonia da economia de mercado, a maior causa desses problemas. Se é que eles discutem as questões atuais como problemas, pois já lembrava Norberto Bobbio que para a direita as aberrações sociais são algo normal como o dia vem após a noite. Contrários a essa visão mercantilista do mundo, as reuniões do G8 sempre são marcadas por protestos, quando então entra em cena o papel da grande imprensa.

O encontro do G8 dessa semana que acontece em Heiligendamm, na Alemanha, está marcado por forte tensão. O belicista George Walker Bush, presidente da maior potência bélica da história da humanidade, chega a sede do encontro depois de passar pela República Tcheca e ter uma visita agendada na Polônia após a reunião do G8 para, em ambas, negociar a construção de bases militares dos EUA nesses países. Por mais que Bush se esforce em dizer que a Rússia não tem nada com isso, a preocupação do Primeiro Ministro russo Vladimir Putin tem razão de ser. Se nesta região do mundo só existe uma potência bélica, a Rússia, contra qual país os EUA construíriam um escudo ofensivo naquela região?

Em Rostock, cidade vizinha à sede do encontro, as manifestações contra o G8 são marcadas por ofensas à presunção de inocência, ao contraditório e a ampla defesa e aos direitos humanos. A grande mídia então entra em cena ao noticiar somente o número de policiais feridos nas manifestações, mas não dá o devido destaque à pauta da reunião do G8. Sabemos que há manifestação e violência em Rostock, mas mesmo tendo o direito à informação não ficamos sabendo o que pensam os defensores da economia de mercado sobre os atuais problemas vividos pela humanidade.

Pelas imagens das manifestações, ainda que veículadas na grande mídia, vemos que enquanto os manifestantes vão às ruas descamisados com palavras de ordem escritas em seus corpos e bandeiras, os policiais do primeiro mundo são muito bem equipados. Escudo, armas, jatos d´água e capacete fariam inveja a exércitos de países subdesenvolvidos. Com todo esse equipamento e preparação recebidos despendidos pelo erário do primeiro mundo, não há como numa estimativa de 1000 feridos, 450 serem policiais! É inconcebível, nessa situação de uma polícia hiper bem equipada, 45% dos feridos serem os responsáveis pela segurança do encontro dos destruidores do mundo!

A grande mídia brasileira, porta-voz dos argumentos da redução da maioridade penal, nos programas policiais como o antigo Aqui Agora, o Linha Direita e o Brasil Urgente, passa-nos a idéia de que no Brasil não há justiça, que deveríamos nos basear nos países do primeiro mundo para mudarmos a nossa legislação e fazermos justiça. E qual justiça há nesses países, onde manifestantes em menos de uma semana são condenados a 10 meses de prisão? Onde foram parar os princípios da presunção de inocência, do contraditório e da ampla defesa, criados por esses países?

Mais uma vez a grande mídia exerce o poder que tem de fato e não de direito, o poder de polícia judiciária, pois enquanto divulga números absurdos de violência policial, omite a todos a pauta que o G8 quer impor aos países que subjugam.

Lucas Rafael Chianello, além da grande mídia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instruções para comentários:

1 - serão removidos pelo moderador aqueles que não estiverem relacionados com o conteúdo da postagem e/ ou conter palavras de baixo calão ou inapropriadas;

2 - para publicar seu comentário, você pode fazê-lo usando sua conta do google. CASO NÃO TIVER A CONTA DO GOOGLE OU PREFERIR NÃO USÁ-LA, escolha a opção Nome/URL e deixe a opção URL em branco que não haverá nenhum problema.