quarta-feira, 22 de julho de 2009

OS PIZZAIOLOS

Na semana passada, após ser perguntado por um repórter se a CPI da Petrobras era uma pizza com sabor de pré-sal, o Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), respondeu que a oposição no Senado tinha grandes pizzaiolos. Imparcialidade à parte, Lula está certo... certíssimo!

Interessante os critérios usados pela grande mídia ao noticiar o recolhimento de assinaturas e instaurações de CPIs, outrora e atualmente. Não só no Planalto Central, como também nos estados governados pelo PSDB, especialmente o Rio Grande do Sul, que vive talvez a maior calamidade de corrupção de sua história sob a batuta da Yeda Crusius. Sem contar São Paulo, que na época em que foi governado por Geraldo Alckmin, teve cerca de 69 CPIs abafadas pelo reino da tucanalha. Onde a grande mídia destacou sua indignação perante esses casos?

No mesmo dia em que o deputado Edmar Moreira (DEM), dono de um castelo estupido de fraudes contra a previdência e dívidas trabalhistas, foi absolvido pelo Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, a frase de Lula somente se tornou oportuna. Mais uma vez terminava em pizza a apuração de denúncias contra um deputado da liga demo-tucanalha.

O principal argumento despolitizado da oposição, via grande mídia, é de que a CPI da Petrobrás acabará em pizza porque o presidente e o relator são membros da base governista no Congresso. Eis que então a máscara da grande mídia cai mais uma vez, para variar.

Salvo engano do responsável pelo blogue, a única CPI durante o governo FHC que teve um presidente oposicionista foi a do futebol, com Aldo Rebelo (PCdoB/SP). Também é preciso recordar à grande mídia que o termo "acabar em pizza" surgiu justamente neste mesmo período. Porém, num período em que o Brasil mergulhava na corrupção da privataria, CPIs que acabavam em pizza consistiam na "maneira sórdida do PT fazer oposição". Enquanto isso, respaldado pelos grandes grupos de comunicação do país, FHC quebrava o Brasil três vezes.

E num momento, como inclusive abordamos neste blogue, em que a Petrobras se coloca como uma das grandes petrolíferas do mundo, no dia em que um deputado da ala medieval do Congresso Nacional é absolvido de uma investigação que acaba em pizza, a grande mídia noticia as palavras de Lula num tom que tenta dar a entender que ele é o grande culpado pela existência de CPIs, como se fosse ele o único responsável por calamidades passíveis de investigações parlamentares.

Lucas Rafael Chianello, além da grande mídia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instruções para comentários:

1 - serão removidos pelo moderador aqueles que não estiverem relacionados com o conteúdo da postagem e/ ou conter palavras de baixo calão ou inapropriadas;

2 - para publicar seu comentário, você pode fazê-lo usando sua conta do google. CASO NÃO TIVER A CONTA DO GOOGLE OU PREFERIR NÃO USÁ-LA, escolha a opção Nome/URL e deixe a opção URL em branco que não haverá nenhum problema.