segunda-feira, 7 de novembro de 2011

PITACOS ALÉM DA GRANDE MÍDIA

Politicamente incorretos, em linguagem informal e em primeira pessoa

CUBA ISOLADA?

Encheção de saco não tem limite. Só sujeito alienado para não ver o que acontece no mundo. Muitas vezes, a alienação é por opção mesmo. Ainda sim, o sujeito fica tentando provar que sabe rezar a missa melhor do que o padre.

Sempre ouço de certos sabichões aí que sou minoria, que o que penso são só mais uns quatro ou cinco que pensam igual. E tome baboseira. Tanto é assim que, por um milagre nunca antes acontecido na história da humanidade, o mundo inteiro me ouviu e novamente votou contra o covarde bloqueio econômico imposto a Cuba desde 1962.

Nos jogos Pan-Americanos que aconteceram em Guadalajara (México), “arquibancadamente” falando, dava pena de quem, em qualquer modalidade, competia contra cubanos. Era visível e audível a preferência dos torcedores quando começavam a gritar: “Cuba! Cuba! Cuba!”.

Eis o país de merda isolado.

KADAFI ASSASSINADO. BOM PRA QUEM?

Outras baboseiras que se escutam por aí é que agora haverá democracia na Líbia e que foi o povo que se revoltou contra Kadafi (Gadafi, Khadafi, etc. Eu escrevo Kadafi). Quanta ignorância de minha parte. Acorda, meu filho! Você não sabia que o povo dos EUA, da França e da OTAN também são cidadãos líbios?

Porém, também por um milagre da natureza e da telepatia, o brilhante cientista político brasileiro, Luis Alberto de Vianna Moniz Bandeira concedeu uma entrevista para o jornal A Tarde, de Salvador, na qual foi enfático: “Não são as armas da OTAN que farão acontecer a democracia na Líbia”. De certo, depois de tantos livros publicados e um doutorado em História da Política, o Moniz Bandeira deve ser outro besta.

ORLANDO SILVA FORA

Se ele e o Governo Dilma assim decidiram, estou com ambos. Porém, no meu íntimo, Orlando Silva deveria ficar. Fez um belíssimo trabalho à frente do Ministério dos Esportes enquanto lá esteve e já admitem não haver provas concretas contra Orlando.

Assume Aldo Rebelo, que presidiu a CPI do Futebol, única na qual durante o governo FHC se teve alguém da oposição à frente. Naquela oportunidade, ao final dos trabalhos, foi publicado um livro pela editora Casa Amarela no qual Aldo revelava diversos podres do futebol brasileiro e da FIFA. Resultado: durante o reinado de liberdade de expressão de FHC, a publicação do livro foi cassada.

Em meio a essa discussão de Lei Geral da Copa, na qual a FIFA quer que as coisas sejam aprovadas do jeito dela e a nossa soberania que se foda, quem sabe um Ministro que conhece bem os podres dessa entidade imunda também seja a pessoa necessária para que essa corja vá caçar sua turma. O Brasil deve promover a Copa à sua maneira e ponto final.

ESSA GRANDE MÍDIA... (I)

E os bolsos da grobo na ditadura, como se encheram?

Numa capa de semanas atrás, a revista semanal Época, das desorganizações grobo, está estampada de vermelho com o logotipo do PCdoB ironizado de “PCdoBolso”. Denuncismo de golpista não se discute. Ao invés de apurar o que acontece com as finanças de um glorioso partido fundado para combater a ditadura pela Guerrilha do Araguaia, as desorganizações globo deveriam explicar à sociedade como ganharam rios e rios de dinheiro através da ditadura que eles apoiaram. Além do Cidadão Kane não me deixa mentir.

ESSA GRANDE MÍDIA... (II)

Editora abril e Stalin: méritos e difamações.

Em sua edição de novembro, nº 100, a revista Aventuras na História, da editora abril, destaca a Segunda Guerra Mundial e admite que a derrota dos nazistas liderados por Hitler se deu pelo Exército Vermelho da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas liderada por Stalin. Entretanto, os responsáveis pela publicação semanal da revista (não)veja demonstram seu mais puro ressentimento. Tentam atribuir ao acaso a vitória enquanto conferem a Stalin toda a sorte de difamações e leviandades. Admitem, mas não se conformam que foram os comunistas os verdadeiros vencedores.

Lucas Rafael Chianello, além da grande mídia.

2 comentários:

  1. Quem tomou Berlim foram os comunista sim, isto a História nunca negou. Só que não publicam que os comunistas venceram com os tanques, jipes e canhões americanos, cedidos por contratos de arrendamento, acertados durante a Coferência de Casablanca no Marrocos. Outra: A simpatia que Yusef Stalin e Franklin Delano Rooselvelt nutriam um pelo outro era grande, tirando as diferenças ideológicas. A guerra fria foi provocada depois, pelo doente mental Harry Truman (uma espécie de Busch).

    ResponderExcluir
  2. Pra quem até dias atrás bradava o "Dia D e a invasão da Normandia", os pré EUA já estão reclamando até demais de coisas que a mídia não publica.

    ResponderExcluir

Instruções para comentários:

1 - serão removidos pelo moderador aqueles que não estiverem relacionados com o conteúdo da postagem e/ ou conter palavras de baixo calão ou inapropriadas;

2 - para publicar seu comentário, você pode fazê-lo usando sua conta do google. CASO NÃO TIVER A CONTA DO GOOGLE OU PREFERIR NÃO USÁ-LA, escolha a opção Nome/URL e deixe a opção URL em branco que não haverá nenhum problema.